quinta-feira, 29 de março de 2012

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

O diabo veste a pele de Coordeiro

Projecto-lei apresentado na ALRAM

O Partido Trabalhista Português na Assembleia Legislativa da Madeira, apresentou, esta tarde, um diploma que estabelece a frequência totalmente gratuita do ensino pré-escolar, em todas as escolas básicas da Região.

O PTP deixa claro, no articulado do projecto de decreto legislativo, que não poderá ser cobrada qualquer mensalidade pela frequência do pré-escolar, incluindo pelas refeições que terão "carácter gratuito e universal".

Os encargos financeiros com esta media deverão ser cobertos por um fundo de compensação social, para o qual o Governo Regional deverá transferir as verbas necessárias.

"O PTP, a voz do povo, não irá pactuar com o que o dr. Alberto João Jardim faz às escolas", garante a líder parlamentar do PTP que diz que um Governo que não beneficia a Saúde e a Educação "deve ser saneado".

Apresentamos propostas, temos equipa para isso

Hoje, fizemos entrar na Assembleia Legislativa uma proposta com carácter de urgência que diz respeito a todas as famílias. Queremos que a frequência da educação Pré-escolar seja gratuita e Universal tal como responde à constituição Portuguesa.

Nem a Maçonaria quer o Mijinhas

sábado, 23 de julho de 2011

Coelho apresenta a "Emigração Jardinista" no Aeroporto da Madeira

José Manuel Coelho foi esta tarde ao terraço do Aeroporto Internacional da Madeira, com a pista em plano de fundo, agradecer a Alberto João Jardim o facto de ter deixado aos madeirenses uma “saída para a crise”: a emigração.

O vice-presidente do Partido Trabalhista Português (PTP) denunciou a falha da política de desenvolvimento e classificou o aeroporto internacional de “porta dourada” para a crise, numa alusão ao custo de construção da infra-estrutura aeroportuária, de 530 milhões de euros, e às famílias madeirenses que são forçadas a abandonar as ilhas por falta de oportunidades de trabalho.

Coelho compara mesmo a situação aos tempos de Salazar. “Perante as dividas, a fome, a pobreza e o desemprego que alastra de novo por muitas famílias madeirenses, saem aos milhares para outras paragens”, refere.

“A única diferença é que agora não partem no Santa Maria nem no Vera Cruz, mas através do Aeroporto da Madeira nas companhias de aviação ‘low cost’ que Jardim pagou para operarem na Madeira”, concretiza o presidente da comissão política regional do PTP.

José Manuel Coelho até já tem um nome para baptizar aquele que considera ser um dos maiores êxodos migratórios da história da Madeira. ”Irá se chamar Emigração Jardinista”, revela. (ver Dn)

quinta-feira, 21 de julho de 2011

O NOVO HOSPITAL CENTRAL DA MADEIRA

O gigantesco edifício e actual sede da Secretaria Regional do Equipamento Social está sub-aproveitado, pois AS OBRAS ACABARAM, mas tem as condições e características mais que necessárias para ser uma solução viável e económica para um EXCELENTE NOVO HOSPITAL, para uma Escola Internacional de Medicina e para outros projectos e soluções na àrea da Saude bastando apenas remodelações e adaptações de menor envergadura que aquelas que estão a ser efectuadas no "velhinho" e fraco Hospital Dr. Nelio Mendonça.

O actual edificio do Hospital está em péssimas condições e não aguenta as remodelações com os doentes e pessoal lá dentro...
Existem em seu redor espaços e outras insfra-esruturas que serviriam de Edificios de Apoio ao Complexo Hospitalar, como por exemplo o próprio Centro Dr. Agostnho Cardoso que é contiguo ao Edificio em causa.

Poupavamos nas despesas e no investimento necessário, pois os custos de manutençao e de energia do actual edificio da SRESP é enorme e não se justifica, a Construção Novo Hospital era rápida e simples, o Novo Hospital ficava bem situado numa zona estratégica e de fáciil acesso, a qualidade do Edificio é tão grande que a nova unidade Hospitalar teria condições acima da média sem maiores Investimentos para a região.
Além disso temos informações de que o edificio da Rua Dr. Pestana Junior foi projectado numa perspectiva de multi-usos e de possível re-utilização para outros fins no futuro, caso as necessidades da SRES fossem maiores e fosse transferida para um novo edificio ou se a conjuntura fosse favorável a outro tipo de utilização destas infra-estruturas. Só a teimosia e o orgulho dos actuais titulares governamentais e que têm atrasado esta solução que é falada internamente pelos mais abertos às mudanças e downsizing... que mais tarde ou mais cedo acontecerá na SRESP, quer queiram ou não queira... As Obras Acabaram!
Vantagens não faltam...
As ideias que hoje são intuladas de loucura serão a sabedoria de um futuro bem próximo... mais próximo do que os auto-intitulados "sábios" pensam ou imaginam.
José Manuel Coelho (ver blog)

O SOBRINHO DO DR. CARDOSO - vómito 1 (plagiado do blog do camarada Figueiredo Robles)

O Dr. Agostinho Cardoso, presidiu à Comissão Distrital da União Nacional, foi deputado pela Acção Nacional Popular e Director da "Voz da Madeira", órgão de índole fascista.
Constatando o perfil do seu sobrinho, Alberto João Cardoso Gonçalves Jardim, não hesitou em convidá-lo para derramar a sua escrita nas páginas daquele jornal.
O 25 de Abril de 1974 foi encontrar Cardoso Jardim com 31 anos e todos sabemos que está cientificamente provado que, com esta tenra idade, ainda não existe qualquer consciência nem responsabilidade pelos actos praticados, sendo essa a razão pela qual a maioria dos soldados morre no campo de batalha antes de atingir aquele escalão etário. O homem, "ecce homo", apenas desenvolve um grau aceitável de responsabilidade após os 65 anos.
Conhecedor destes dados científicos que não recomendam o palco da guerra naquela idade, Cardoso Jardim, revelando uma enorme maturidade, nunca porá os seus delicados pés na guerra colonial, sofrendo, isso sim, as agruras administrativas na secretária como Oficial de Acção Psicológica, primeiro em Lisboa e depois no Funchal.

Já como jornalista da Voz da Madeira, não se inibe de corajosamente defender a guerra colonial, apoiado pelo "fogo amigo do titio", escrevendo em Junho de 1973:

"Nada há de mais solene garantia à sobrevivência de uma Nação, do que uma Juventude mesclada no sangue e lágrimas, penhores da defesa"

E não só defendia a guerra como branqueava as inúmeras baixas em combate:

"Quase todos foram e voltaram, Outros também irão e voltarão".

Outros para não ter a chatice de ir e voltar...não irão - digo eu.


Mas, para aqueles que começam a desenhar um falso perfil de incoerência e cobardia no nosso Cardoso Jardim, o seu curriculum futuro responde por si:
- Alegadamente, pertenceu à FLAMA (Frente de Libertação do Arquipélago da Madeira), segundo a insuspeita enciclopédia Wikipédia
- Tem os seus méritos reconhecidos em várias ordens e colares, dos quais damos a conhecer alguns, escolhidos aleatoriamente
Cavaleiro Honorário da Ordem Bizantina do Santo Sepulcro
Orden Communidad del Municipio de Chacao
Medalha de Serviços Distintos do Corpo Nacional de Escutas
Orden don Ricardo Montilha
Colar de Honra do Município de S. Vicente


E para não deixar dúvidas nos futuros "meninos guerreiros" acrescentava:

"Somos um país em guerra. Mas ela nunca será perdida no ultramar"

Havia que lutar(livra...) para proteger "riquezas a explorar para o proveito comum, crianças a educar, paz a oferecer e a distribuir. Portugal, mais que um espaço territorial, é fundamentalmente uma maneira de estar no mundo."

Palavras para quê? É um artista português - Cardoso Jardiiiim! (veja Aqui)

quarta-feira, 22 de julho de 2009

Tudo está sendo posto em causa…

Realmente tudo está sendo posto em causa…dogmas e tabus, milagres e fantasmas, religiões e politicas, fé e dúvidas, santos e diabos, verdades e mentiras, ignorância e conhecimento, arrogância e modéstia, ricos e pobres, acumular e repartir, divergir e convergir, travão e alavanca nada escapa ao rol dos conceitos e preconceitos que os povos ,tiveram ,têm e terão, enfim o mundo é composto de mudança, sempre, nada é eterno, tudo muda… tudo se transforma…e nós também.
Governos, países, impérios, regimes, exércitos, policias, sistemas, governanças, mafias bancos, qualidade dos alimentos, serviços de saúde, serviços e conteúdos do ensino, transportes públicos eficientes e não poluentes, qualidade do ar que respiramos, da agua que bebemos, alimentos produzidos e desperdiçados, egoísmo das patentes, enfim tudo está sendo posto em causa.
Será que a mudança não terá que passar por aqui?
Exercer cidadania é saber «nadar nestas aguas turvas cheias de minas e armadilhas» para saber separar o trigo do joio, ler nas entrelinhas…
É preferível trabalhar em grupo e fazer o trabalho de casa antecipadamente (mudar o tema da conversa de chaxa para estes temas que nos afecta grandemente).
A necessidade de mudança tornar-se-á inadiável, consoante aprofundamos o comhecimento da realidade onde estamos inseridos.
Cidadão informado, é consciente, é exigente e avisa toda a gente .Assim, trabalhando em rede, passando a palavra, contribui para antecipar o fim deste mundo cão que nos sufoca actualmente…
OUTRO MUNDO É POSSIVEL E DESEJADO

Reciclando biologicamente para a AUTO-SUFICIENCIA

Que critérios exige a si próprio para executar uma tarefa ?
Considera-a importante? Vale o esforço? Ou depende de quem faz lhe o pedido?
Se foi o patrão ou um familiar? Sente-se satisfeito ? Revoltado?
Quais as tarefas que considera mais importantes?
Qual a sua ordem de prioridades? Esqueceu-se da produção dos seus alimentos?
Entre produzir os seus alimentos tendo disponibilidade de terreno seu ou colectivo?
Trabalhar com ordenado fazendo trabalho estúpido para o patrão ficar mais rico ?
Preferia ter ordenado certo ou produzir os seus alimentos, mesmo sabendo que os alimentos que comprou têm agrotóxicos ? E os reflexos na sua saúde?
Nas zonas rurais encontram-se muitos terrenos “a silvado” dê a sua opinião sincera´?
Terrenos a silvado, muitos desempregados e o país importar 80% dos nossos alimentos
.faz algum sentido lógico?
Incêndios florestais, por falta de limpeza das florestas, tantos desempregados. Por outro lado falta de adubos naturais para uma agricultura saudável (Biológica) tem Lógica?
Retirar as biomassas das florestas (limpezas) para prevenir incêndios, mas usa-las queimando-as nas centrais energéticas, 24 horas por dia,365 dias por ano, libertando para a atmosfera o C O 2 todos os dias do ano, a emenda é pior que o soneto.
As biomassas, depois de trituradas e diodigeridas (com outras biomassas, A.R.+R:S:U:, não soltam o C:O:2, portanto não provocam o aquecimento do Planeta, nem a acidificação dos mares. São depois de biodigeridas o adubo natural para a agricultura biológica.
Gostava de colaborar numa horta colectiva? Preparar o terreno, semear, regar, gerir, colher? O intercambio de conhecimentos as experiências individuais postas em comum, o convívio, a camaradagem, as amizades que se criam são as melhores terapias para retemperar forças e ajudam-nos a ter uma visão mais alargada do mundo rural. e das suas virtudes É uma escola prática da AUTO-SUFICIENCIA ALIMENTAR.
Também é uma escola prática da socialização e de cidadania que todos os cidadãos e cidadaes deveriam frequentar para serem mais completos e compreenderem e ajudarem, especialmente nas sementeiras e nas colheitas.
O caminho faz-se caminhando, o socialismo também, passo a passo.
Unindo os elos da corrente, alargando os horizontes, criando sinergias para avançarmos, sempre e corrigirmos e acertarmos o passo para continuarmos a ser cada vez mais AUTO-SUFICIÊNTES, que por sua vez nos tornamos mais INDEPENDENTES,mas também SOLIDÁRIOS…

Os saberes, o conhecimento sem tabus nem segredos…

O Mar, os oceanos, são a maioria absoluta (são 71%), são o nosso “termóstato”,o regulador e reminerador do planeta, são a base da pirâmide e o berço de toda a vida no Planeta Terra há mais de 4 ou 5 biliões de anos.
Vida que depois transbordou para os restantes 29% do planeta, a parte sólida, onde colocamos a nossa “Pegada”.
Actualmente os homens, conhecem melhor a lua que o MAR que nos une e alimenta… Porque será?
Sabia que a água do mar é rigorosamente IGUAL E COMPATÍVEL com TODOS os líquidos que circulam no corpo de todos os animais de sangue quente.
A agua do mar, toda ela é vida (contém 92 nutrientes),ela é um caldo de vida completo (é a tabela PERIODICA ou ATÓMICA completa).
Sabia que, actualmente já se fazem transfozões compatíveis em substituição do sangue humano, com agua do mar, com várias vantagens, ao ponto do período de convalescença ser reduzido para mais de metade…
Sabia que muitas DOENÇAS, retrocedem pela acção da terapia NATURAL da agua do mar.(REMINERAÇãO NATURAL COMPLETA 92) para normalizar as anormalidades.
Sabia que o vulgar soro fisiológico dos hospitais não é natural (é fabricado pelas multinacionais farmacêuticas) e só contém cerca de vinte( 20) nutrientes e não tem vida, ao passo que a agua do mar contém 92 nutrientes e toda ela é vida que a MAE NATUREZA põe à nossa disposição equilibrandissima a custo zero e inesgotável.
PORQUE SERÁ????
Tenha coragem, dialogue com o seu médico sobre estas questões importantes.
Nós todos queremos saber muito mais…
Em pleno século XXI não pode haver TÁBUS nem SEGREDOS
As descobertas, os estudos e as vidas que salvou, fruto do seu humanismo e voluntarismo pioneiros do biólogo francês RENE QUINTON merecem sair à rua para sanear as doenças dos homens e este regime CAPITALISTA VAMPIRO, que não podendo ser DONO do mar (por não caber no bolso da sua ganância),escondeu –as.
112 ANOS é muito tempo…
Na minha prespectiva, tendo em conta que já tenho conhecimento das suas descobertas pioneiras ,considero que são as mais importantes, que o conhecimento Humano alguma vez alcançou pela sua abrangência, simplicidade e economia que irá revolucionar o conceito das proprias doenças (“O GERME NÃO É NADA O TERRENO É TUDO”)
Quantos milhões de mortes já aconteceram e outras irão acontecer por este TERRORISMO CAPITALISTA DESUMANO E ASSAMBARCADOR
OS POVOS DESTE CONDOMINIO GLOBAL EXIGEM A DIVULGAÇAO IMEDIÁTA NA INTERNET das descobertas de RENE QUINTON para que não se percam mais VIDAS HUMANAS e não só…
Até que neste tempo de crise acentuada as economias de escala serão enormes.
Os povos do mundo merecem e os países e respectivos governos muito pouparão.

Os pólenes das florinhas criminosas...

As várias tv’s, as rádios jornais de cá e também de lá bombardeiam-nos com notícias quase todos os dias sobre os pólenes da primavera, época em que tudo floresce.
Até já realizaram uma palestra no Auditório do jardim municipal onde vários técnicos do Governo regional chamaram à atenção para as populações se protegerem dos pólenes. Até marcaram presença, o Director Regional de Saúde, Dr. Maurício Melim e o Director Regional de Saneamento Básico e do Ambiente, o Eng. João Correia. Os aconselhamentos que esses técnicos propõem vão a variadíssimos pormenores (janelas dos automóveis e das habitações sempre fechadas, óculos escuros, até medicação prescrita e eficaz, até sugerem consulta na internet...
Perante estes alertas e aconselhamentos deviam ir mais longe, sugeria que perante o ataque eminente do bombardeamento terrorista das bombas de fragmentação dos pólenes deviam usar coletes à prova de bala e mascaras anti-gaz.
Já agora onde está a vossa preocupação e o trabalho de casa para velar pela qualidade do AR que respiramos?
Até porque a TIA RICA merece respeito e resposta.
Isto porque no Diário de Noticias do dia 30 de Janeiro de 2009 na página 4, alertava que já tínhamos ultrapassado os parâmetros máximos dos contaminantes atmosféricos em suspensão.
Mas não nos podemos cingir só a esses critérios e parâmetros de avaliação, senão vejamos;
Se contabilizarmos os cerca de 60.000 (sessenta mil) automóveis que diariamente circulam pelas estradas deste
Afunilado anfiteatro do Funchal que começa cota zero (avenida do mar, tendo a leste a encosta sempre a subir, passando pela Cancela, continuando a subir ate à cota 1818 M no pico do ARIEIRO, continuando para Oeste ate às serras do Curral, passando pelo Jardim da Serra e descendo até ao Cabo Girão à cota 581 M), reparamos que os cerca de sessenta mil automóveis, são afinal muitos mais (via rápida, Câmara de Lobos, Estreito, Curral e Garachico), talvez cem mil ou mais.
Acrescentemos a estes cem mil escapes normais as enormes 15centrais termoeléctricas da Central dos Socorridos que contaminam mais que todos os cem mil automóveis.
Mas a cereja no centro do bolo, deste bolo tóxico de contaminantes atmosféricos, são as INCINERADORAS da Meia - serra, vejamos;
É um erro acreditar que as coisas simplesmente desaparecem quando queimadas. Na verdade a matéria não pode ser destruída, ela apenas muda de forma. Após a incineração, os METAIS PESADOS presentes no resíduo sólido original (R S U), são lançados junto com os gazes pela chaminé do incinerador, associados a pequenas partículas. Também estão presentes nas cinzas e nos outros resíduos que são:
Substâncias cloradas, como o plástico PVC, leva à formação de novos compostos clorados, como as dioxinas altamente tóxicas, que vão-se juntar aos vários resíduos.
Resumindo, os incineradores não resolvem os problemas dos materiais tóxicos presentes nos R S U.
Realmente as incineradoras apenas convertem esses materiais tóxicos em outras formas, algumas das quais podem ser mais tóxicas que os materiais originais.
Por mais que tente, não há INCINERADOR que não lance na atmosfera algum tipo de POLUENTE.
Esses poluentes incluem uma gama ampla de compostos, muitos deles ainda não identificados.
Tais compostos incluem DIOXINAS, BIFENILAS, POLICLORADOS (PCBs) NAFTALENOS POLICLORADOS, BENZENOS CLORADOS, HIDROCARBONETOS AROMATICOS, POLICICLICOS (PAHs), inúmeros compostos orgânicos voláteis (VOCs), e metais pesados como CHUMBO, CÁDMIO e MERCURIO.
Vários desses compostos são persistentes (muito registentes à degradação no meio ambiente), Bioacumulativos (que se acumulam nos tecidos dos organismos VIVOS VEGETAIS E ANIMAIS, e que são TÓXICOS.
Devido a essas três propriedades (Persistentes + bioacumulativos + Tóxicos, pode-se dizer que esses compostos são os mais poluentes e mais problemáticos aos quais os sistemas NATURAIS podem estar expostos.
Alguns são cancerígenos, muitos também causam perturbações no sistema endrocino, outro como o dióxido de enxofre, o dióxido de nitrogénio e o material particulado fino, estão associados a efeitos adversos na saúde respiratória...
Esta SOPA LIOFILHIZADA é democrata, flutua na atmosfera ao sabor do vento que na madeira tem predominância de nordeste, assim os ventos empurram na direcção do Funchal essa sopa de toxidades.
Todos sabemos que durante o dia o mar refresca a terra e durante a noite é o contrario. Também sabemos que o ar quente dos automóveis das termoeléctricas e das incineradoras fica a pairar na atmosfera, preso pelas montanhas.
Só que à noite sem o calor do SOL a sopa liofilizada cai, levemente pelo efeito do arrefecimento do AR ou das chuvas e do SERENO e como é democrata e social, divide pelas aldeias toda esta ÀGUA BENTA CANCERIGINA.
Finalmente este dilema;
Os criminosos terroristas dos pólenes das florinhas que ontem tiveram festa e procissão e que a Mãe Natureza fabrica, ou os “POLENES” bonzinhos que caem devagarinho 24 horas por dia 365 dias por ano, (nos anos bissextos são 366 dias).

O GERME NÃO É NADA, O TERRENO É TUDO

O solo não é inerte, o apoio de matéria vegetal, a sua composição mineral, vida microbiana, estrutura, ph, etc…para o bem ou para o mal influenciam tudo o que nasce e cresce nesse terreno e consequentemente todos os seres vivos deste planeta, que dele dependem.
Esse mesmo solo está exposto (sempre esteve) aos elementos da NATUREZA (vento, chuva, temperatura, sol e respectivos raios cósmicos que degradam tudo no compasso do tempo, transformam, degradam deslocando, arrastando, com destino final, o MAR.
Esta realidade é inegável e aceite por todos nós.
Esta introdução para reavivar a memória que a parte sólida da nossa CASA COMUM, os 29% do planeta, onde colocamos a nossa “PEGADA” ESTÁ DOENTE, e por tabela tudo o que vive sobre ela.
Perante isto, que fazer?
Para repôr o BUFET completo ( a mesa farta) nos 29% do planeta, A NATUREZA como é a melhor tecnologia de ponta e insubstituível, tem a solução que faltava, isto é, O MAR. que é só o resto do PLANETA 71% e tem toda a lógica; vejamos:
Se, em último lugar, tudo vai parar ao mar, está lá tudo na forma líquida, VIVA, autêntico caldo de vida com todos os minerais, nutrientes, oligoelementos, bactérias, gases, conhecidos e desconhecidos (a cada dez anos os estudiosos descobrem mais um novo elemento. Na actualidade já estão descobertos cerca de 100 elementos, mas ainda não fazem todos parte da lista oficializada que é de 92, a vulgarmente chamada Tabela periódica ou TABELA ATÓMICA).
Só depois de darmos este passo em frente ( que é remineralizar o solo) , é que temos criadas as condições para produzirmos alimentos completos sem déficetes nem excessos, com os 92 elementos necessários e imprescindíveis (os mesmos que circulam no interior do corpo de todos os animais de sangue quente), para que possamos realmente ter uma saúde eficaz, completa, resistente, assim tem todo o sentido a frase que serve de mote e título a este texto.
“ O GERME NÃO É NADA, O TERRENO É TUDO”
Qualquer ser vivo (do reino animal ou vegetal) que se alimente das condições
Atrás descritas, o germe não é nada, não entra nesse organismo. O mesmo se aplica ao terreno agrícola produtivo que tenha sido reposto a mesa farta através do composto orgânico biodigerido.
Para confirmação desta verdade (ABSOLUTA??),quem apresentar peixes pelágicos que sofram de cancro, ganha um prémio nobel (no mar não há cancro nem mutações genéticas, porque os 92 elementos estão lá há biliões de anos e não variam)
Para que a nossa CASA COMUM seja saudável, sustentável e tenha futuro, todos os humanos têm que assimilar e colocar na AGENDA para fazer já ONTEM, porque amanhã pode já ser tarde. É A ESPÉCIE HUMANA QUE ESTÁ EM RISCO de DEZAPARECER e não só…
Se a nossa alimentação não contém todos os 92 nutrientes, nunca poderemos ter saúde perfeita. Pior, deixamos a porta aberta para entrar os germes, as doenças, etc.
O nosso planeta de certeza que continuará a rodar á velocidade estonteante de 25.920 km à hora, mas nós Humanos, poderemos não fazer parte da viagem…

O conhecimento sem tabus nem segredos…

O Mar, os oceanos, são a maioria absoluta (são 71%), são o nosso “termóstato”,o regulador e remineralizador do planeta, são a base da pirâmide e o berço de toda a vida no Planeta Terra há mais de 4 ou 5 biliões de anos.
Vida que depois transbordou para os restantes 29% do planeta, a parte sólida local onde colocamos a nossa “Pegada”.
Actualmente os homens, conhecem melhor a lua que o MAR que nos une e alimenta, porque será?
Sabia que a água do mar é rigorosamente IGUAL E COMPATÍVEL com TODOS os líquidos que circulam no corpo de todos os animais de sangue quente.
A agua do mar, toda ela é vida (contém 92 nutrientes), ela é um caldo de vida completo ( a tabela PERIODICA ou ATÓMICA completa).
Sabia que, actualmente já se fazem transfusões compatíveis em substituição do sangue humano, com agua do mar, com várias vantagens, ao ponto do período de convalescença ser reduzido para mais de metade (os jeovás já fazem)
Sabia que muitas DOENÇAS, retrocedem pela acção da terapia NATURAL da agua do mar.(REMINERAÇãO NATURAL COMPLETA 92) para normalizar as anormalidades.
Sabia que o vulgar soro fisiológico dos hospitais não é natural (é fabricado pelas multinacionais farmacêuticas) e só contém cerca de vinte( 20) nutrientes e não tem vida, ao passo que a agua do mar contém 92 nutrientes e toda ela é vida que a MAE NATUREZA põe à nossa disposição a custo zero e inesgotável.(71% do planeta).
PORQUE SERÁ????
Tenha coragem, dialogue com o seu médico sobre estas questões importantes.
Com os seus amigos também…
Nós todos queremos saber mais…
Em pleno século XXI não pode haver TÁBUS nem SEGREDOS .
As descobertas, os estudos e o voluntarismo pioneiros, levados à pratica pelo biólogo francês RENE QUINTON, salvaram muitas vidas, merecem sair à rua, ser divulgadas para sanear muitas doenças da humanidade, porque este regime controla e concentra tudo, não podendo ser DONO do mar (por não caber no bolso da sua ganância desmedida. PORQUE SERÁ???
112 ANOS é muito tempo…
Divulgar as suas descobertas pioneiras é urgente. Considero que são as mais importantes, que a Humanidade alguma vez alcançou pela sua abrangência, simplicidade vantagem económica e sem efeitos colaterais que irão revolucionar certos conceitos de doença, (“O GERME NÃO É NADA O TERRENO É TUDO”), o que encerra este conceito?
Quantos milhões de mortes já aconteceram e irão acontecer, por este TERRORISMO CAPITALISTA DESUMANO E ASSAMBARCADOR, que esconde o que não é lucrativo, (para eles), mas natural (sem efeitos colaterais) e inesgotável.
A MAE NATUREZA é a vanguarda, é a melhor tecnologia, é inimitável e insubstituível, ela não é CAPITALISTA, antes pelo contrário...

Medicina sintomática ou convencional em crise. Porquê?

Começou com subtileza q.b, como quem (não quer a coisa), com presentes para médicos e estudantes de medicina, se tornou uma campanha maciça para moldar atitudes, pensamentos e directrizes dos médicos.
Os laboratórios empregam representantes para visitar os consultórios médicos e distribuir amostras grátis, eles descrevem as indicações para esses medicamentos e tentam persuadir os médicos a usar seus medicamentos como qualquer outro vendedor de qualquer produto da indústria concorrente…
Oferecem todos os anos “os catálogos das doenças”,”tipo revista de vendas por catálogo”.
A indústria farmacêutica corteja jovens estudantes de medicina por esse mundo fora …oferecendo presentes, passagens para participação em “congressos”e “material educativo gratuito”
Jovens Médicos recebem de laboratórios, verbas para pesquisa. As escolas de medicina recebem grandes somas para experiências e pesquizas. Os laboratórios oferecem regularmente jantares de gala e coktails para grupos médicos. Eles fornecem verbas para a construção de hospitais, escolas de medicina, institutos “independentes “ de pesquisa …
A industria farmacêutica propositadamente tem procurado exercer uma forte influencia dentro das escolas de medicina com a ajuda destes médicos académicos (professores influênciados) com todas estas mordomias juízes da eficácia e da liberdade com conhecimentos sobre a escolha do melhor medicamento para cada causa específica. . Desta forma os laboratórios conseguem controlar com subtileza q.b. o exercício da medicina nos cinco continentes…
A indústria farmacêutica e a indústria alimentar estão intimamente aliadas.
Várias indústrias de alimentos foram compradas pela Indústria Farmacêutica
Esses cognomerados muitas vezes patrocinam nas universidades de grande “prestígio”“pesquisas científicas”.
Tudo se compra, tudo se vende, tudo tem o seu preço com mais ou menos subtileza, conseguem levar a água ao seu moinho, porque a medicina sintomática ou convencional, é um grande negócio, está em sintonia como a unha e a carne com os grandes congnomerados farmacêuticos, e os médicos são parte do sistema ( UMA ESPÉCIE DE VENDEDORES CREDENCIADOS, até os médicos “caem nos braços” e são levados ao colo e deixam-se embalar pelo cantar da sereia.) Todos a remar para o mesmo lado em sintonia, (temos que ter em conta que todos os médicos têm uma cadeira de psicologia, obrigatória), apesar disso…

Linha directa do SOL sem AMOS... nem ESCRAVOS

O SOL NASCE PARA TODOS.
Mas, pelo que leio nos jornais, já se perfilham oportunistas parasitas a querer se aproveitar e fazer fortuna (já o fazem), com um bem que a MAE NATUREZA nos faculta a custo ZERO, LIMPA e INESGOTÁVEL.
Há dias li que uma empresa espanhola tem a maior central fofovoltaica do mundo no nosso Alentejo. São 270campos de futebol (270hectares), de painéis solares para fazer negócio com o sol.
Mais recentemente li que o antigo presidente do PSD, Dr. Marques Mendes, virou presidente duma empresa que tem terreno no Porto Santo (2hectares) para o mesmo negócio do SOL.
Hoje no diário de noticias pag.17diz; prédio colectivo fornece energia à rede pública.
È esta realidade aqui e agora que temos, mas o regime capitalista é isto mesmo sem tirar nem pôr. ELES COMEM TUDO E NÃO DEIXAM NADA (OS VAMPIROS).
A minha análise e perspectiva de implantação em massa desta tecnologia é a seguinte:
Considerando que o conhecimento humano já alcançou um patamar que garante ser possível levar á pratica já, em todo o país, na Europa e até à escala Planetária a captação da energia do Sol a baixo custo (tendencialmente gratuita).
Até já arranjei um nome a esse acto. LINHA DIRECTA. Explicando melhor, cada casa individual, ou colectiva (bloco de apartamentos), teria no seu telhado painéis solares e torres helicoidais capadoras de vento, com capacidade suficiente para satisfazer as necessidades duma família (está estimado que 30 metros quadrados de painéis solares são suficientes).
Quanto ao custo destes apetrechos, custe o que custar, será sempre menos oneroso que actualmente, não em termos financeiros, mas sim em custos ambientais e que deixarão de existir, ao passo que a energia do SOL e do vento são inesgotáveis e não são contaminantes. Quanto aos empresários, comerciantes e indústrias e departamentos públicos, o princípio seria o mesmo (LINHA DIRECTA).
Assim não seriam precisas linhas de alta tensão para transportar electricidade (O SOL NASCE PARA TODOS), todos os dias, em todos os locais, estão ali à mão…
Um governo que queira ajudar verdadeiramente o povo deve tomar a iniciativa de instalar estes apetrechos já neste tempo de crise pelas 4000 freguesias do país.
O povo merece… até que esses custos sejam da conta do governo, tendo em conta que as economias de escala na importação de derivados do petróleo, são superiores, alem de contaminantes dos ecossistemas e FINITAS.
Procedendo assim dentro destes critérios, desmercantilizávamos o que a NATUREZA nos oferece a custo zero.
Até porque A MAE NATUREZA NÃO É CAPITALISTA, antes pelo contrário, É SOLIDÁRIA para todos. Por esta razão a NATUREZA não deve ter AMOS NEM ESCRAVOS…

GRITO DE ALERTA: NÃO AO RADAR DO PICO DO ARIEIRO

A Ilha da madeira é uma ilha de Paz, de turismo e como tal não pode servir de alvo (se for levado por diante a ideia terrorista da NATO com o consentimento do governo português e do governo regional), de construir no Pico do Arieiro um Radar de Grande alcance, pondo a população da madeira e todos os turistas que nos visitam em perigo de vida,
Isto porque se esse Radar for implantado no pico do Arieiro, será o primeiro alvo a eliminar …(MADEIRENSES E TURISTAS TAMBEM)
A Madeira e o seu povo fazem parte de um mundo que se quer de PAZ.
A NATO pelo contrário, é uma organização agressiva militarista e Imperialista, que usa a estratégia,( que a melhor defesa é o ataque). Actualmente agride ferozmente o Afeganistão, bombardeando o seu povo que infelizmente é dos mais pobres do mundo, em vez de o ajudar.
Hoje, aqui e agora, nesta Aldeia Global em plena crise também global, o sistema capitalista que demonstra claramente que sabe produzir eficazmente, mas que já não sabe REPARTIR.
Um sistema, um regime onde a acumulação é a prioridade ABSOLUTA, sejam riquezas, sejam poderes, sejam radares, vale tudo para poder continuar a dominar tudo e todos…
Em minha opinião a NATO está a mais neste mundo porque é o braço armado do regime absolutista que nos explora até ao tutano. Os milhões ou biliões de euros que os países gastam todos os anos para o seu orçamento deveriam ser transferidos para investir nas energias alternativas não poluentes e inesgotáveis que beneficiariam a qualidade de vida dos povos desses paízes.
Esta medida mais justa e abrangente deveria ser obrigatoriamente referendada nos PARLAMENTOS dos países que pertencem á NATO.
Faço um APELO aos cidadãos e cidadãs dos paízes que pertencem à NATO, conscientes do perigo que representa e do desperdício de milhões e milhões de EUROS dos nossos impostos, sejam usados pelos governos destes paizes, sem o nosso consentimento expresso.
Por estas razões, doravante nós, exijamos um referendo pela extinção da NATO.

Biomassas; queimar ou biodigerir

Todas as biomassas de origem vegetal mas também do reino animal são naturalmente biodegradáveis sem a interferência do homem.
Só recentemente o homem interessou-se pela sua queima tendo em conta que o custo do petróleo aumentou e a instabilidade dos preços é constante. Isto significa que o regime e o sistema capitalista” olhou “para as biomassas como uma alternativa de produção de energia barata e sustentável (não é).
Esta realidade inegável, é reforçada pela declaração do Dr. Marques Mendes ex.- líder do P.S.D, na Feira das energias do Funchal, onde anunciou que pretendia entre outros investimentos, investir no Santo da Serra numa central de biomassa, argumentando que seria uma vantagem por existir muitas florestas para limpar e também resíduos de aviários e do matadouro para queimar e assim produzir energia.
À primeira vista, para quem está menos informado, esta seria uma óptima medida, mas vamos aos pormenores importantes:
Limpar as florestas previne incemdios. Mas neste caso o” incêndio é constante.
As Palavras do Dr.Marques Mendes;” (queimar biomasa. é mais rentável porque podemos queima-la 24 horas por dia e 365 dias por ano, o sol e o vento não.)”
As florestas nunca estão 365 dias por ano a arder. O carbono ( C O 2) que provoca o aquecimento global também irá para a atmosfera 365 dias por ano…
A minha visão quanto às biomassas é a seguinte:
Devemos copiar a NATUREZA, como tal devemos” pensar global e fazer local,” tendo isto como linha de rumo devemos planificadamente limpar as florestas (previnem incêndios) e outras limpezas; (da agricultura, jardins, cozinhas, ribeiras, orla marítima, matadouros, fezes de animais (esgotos), R.S.U, etc. Gerir todas estas biomassas de uma forma, sustentável e que salvaguarde a não agressão dos ecosistemas e do ambiente, será tarefa a implementar à escala local, até porque tem toda a lógica….
Ninguém vai ceder a outra freguesia as suas” matérias primas “ assim recolhidas, recicladas biodigeridas, transformadas e reutilizadas no local (em ciclo fechado). Assim criar-se-ão muitos postos de trabalho no local que serão a alavanca para que outras iniciativas se prespectivem no horizonte local (todos produziram resíduos localmente e todos beneficiarão das matérias primas fruto das reciclagem das mesmas). Que são: BIOMETANO, para queimar nas cozinhas ou nos transportes, COMPOSTO ORGANICO BIODIGERIDO. Que é o adubo para produzir alimentos biológicos (isentos de toxidades), mais frescos e à mão de semear que trarão melhor saúde. São, riqueza produzida no local e melhor qualidade de vida, mais empregos no local, mas o mais importante, tendo em consideração as gerações futuras, é a salvaguarda da não contaminação das águas dos aquíferos (lençóis freáticos) porque depois dos tratamentos biológicos das A.R, (esgotos) e das restantes biomassas acima descriminadas, as aguas já estão inócuas (limpas) para o seu novo ciclo e consequentemente e continuadamente…
Tendo em consideração que estas medidas depois de divulgadas para que as pessoas aderem, serão aceites pelas 54 freguesias da Madeira e até dentro das freguesias haverá procura do composto orgânico, (adubo natural) para as produções locais, fará que a nossa Ilha ficará limpinha toda cultivada, linda de se ver.(o verde do silvado visto de perto é sinal de abandono e falta de cultura ambiental do seu povo…)
A nossa madeira passará a poder produzir em grande quantidade ou em exclusividade, dá produções de grande qualidade e biológicas e a custos de produção mais económicos(não são precisos adubos químicos nem agrotóxicos). Assim ao nível local ou de freguesia, abre-se e fecha-se o ciclo. Desemprego não terá razão de existir, a coesão social e a solidariedade serão realidade… não só palavras…

As verdades inconvenientes deste Regime

Fazer o tratamento biológico das A.R (esgotos ) não é lucrativo e não interessa porque é concorrente do poderoso lobbie do petróleo e gás natural (publicamente esta verdade inconveniente não existe, mas a realidade confirma-o).O mais grave é que não sendo feito o tratamento, biológico, perde-se duplamente em termos económicos (cerca de 20% de todas as necessidades energéticas, média da U.E.), O BIOMETANO. Gravíssimo em termos ambientais (os esgotos se não forem tratados em recinto hermético para a extracção do biometano, este desprende-se e evapora-se na atmosfera, demora 100 anos para se degradar, circula na atmosfera 20 vezes mais rápido e corresponde por cada tonelada a 21 toneladas de carbono (CO2)
Limpezas das florestas não se fazem porque não é lucrativo (por todo o mundo ardem florestas por falta de limpezas, mas como não dão lucro na prespectiva do regime… ponto parágrafo.
Morrem muitos seres humanos e muitos outros animais, eliminam-se ecossistemas, desbaratam-se e desequilibram-se ambientes únicos, e muito património construído.
Os incêndios florestais soltam para a atmosfera enormes quantidades de dióxido de carbono (CO2) que é um gás com efeito de estufa que provoca o aquecimento global e a acidificação dos Oceanos. Os economistas adeptos deste regime nunca contabilizaram estes astronómicos custos não só financeiros, mas acima de tudo custos ambientais criminosos...Que estão a matar o futuro.
Em sentido inverso, ou seja se planificadamente se fizesse anualmente limpezas e desbastes, alem de evitarmos os terríveis incêndios, ainda obteríamos as biomassas que são a “matéria prima” do composto orgânico que depois de biodigerido, é nem mais nem menos que o composto orgânico base da AGRICULTURA BIOLÓGICA que assim poderia ser implantada em grande escala ou até em exclusividade (deixaria de haver contaminação dos aquíferos pelo excesso de nitratos e agrotóxicos. Procedendo assim (compostando), o CO2 não se desprende, portanto não provoca o aquecimento global.
Estes são os vários elos que se interligam numa espécie de SOPA (A:R;+R.S.U.+ BIOMASSAS)=biodigestão=composto Orgânico=adubo natural=para+AGRICULTURA BIOLOGICA=+produções inócuas+nutrientes 23%=Melhor saúde. Sem deixar resíduos nem contaminações. E o ciclo repete-se novamente e sucessivamente localmente…
Quantos postos de trabalho se criarão em cada freguesia, para todas estas tarefas importantes e imprescindíveis que serão como que uma alavanca enorme para a coesão social e contribuirão para a auto-suficiência alimentar e não só… Serão a forma mais eficaz de fixar as populações nos seus locais de origem (muito importante contra a desertificação do interior do país).
Gerir o país à escala da freguesia em ciclo fechado, é a melhor forma de repartir o mal pelas aldeias, mas também o que é bom (CÁ SE FAZEM ,CÁ SE TANSFORMA, CÁ SE TRABALHA;MAS TAMBÉM SE CRIA RIQUEZA QUE AQUI É REPARTIDA SOLIDARIAMENTE POR TODA A POPULAÇÃO, só que, como demonstra este texto reciclar além de ser lucrativo, fornece-nos Biometano , composto orgânico e alimentos biológicos e necessita de muitos postos de trabalho…
Actualmente o grosso da população não pode fazer estas tarefas porque trabalha para enriquecer o vampiro do patrão…enquanto a sua vida anda para traz…
Este texto, é um contributo para que o socialismo tenha pés para andar nas 4259 freguesias do país, mas precisa dos contributos das populações, tendo em conta as especifidades das mesmas e das lacunas e falhas que este texto poderá ter.
Se trilharmos este caminho à escala da nossa ALDEIA GLOBAL, o nosso quintal Comum tornar-se-á “um cantinho do céu” desde que sejamos solidários e saibamos repartir sem egoísmos, sem excluídos ou seja com coesão social. O SOL QUANDO NASCE É PARA TODOS…

Para responder à aceleração do aquecimento do Planeta

Aceleração urgente para eliminar as causas …

Que são várias, vejamos; Dióxido de carbono (C O 2) da queima dos combustíveis fosseis, dos incêndios florestais, dos transportes, por terra, mar e ar, das termo-electricas, incineradoras, mas também das pretendidas centrais de biomassa que são iguais aos incêndios, mas piores, (“ardem 24 horas por dia e sucessivamente…”).
É evidente que teremos que progressivamente ir reconvertendo os transportes para menos poluentes e também produzindo localmente alimentos e não só, que reduziriam os transportes…E optar por energias limpas e sustentáveis…
Outra fonte ainda mais agressiva e mais contaminante, é o BIOMETANO das águas residuais (esgotos),e outras biomassas de origem vegetal e animal que” vão fora”.
Para ficarmos com uma ideia da amplitude e gravidade do BIOMETANO, iemos
O caso da pequena cidade do FUNCHAL de cerca de 120.000 habitantes que manda para o meio aquático 1.000 litros de AR (esgotos) por segundo, além de outros 500 litros ou mais que são lançados directamente nas ribeiras ou despejados noutros locais.
Cada 4 segundos a pequena cidade do FUNCHAL derrama na NATUREZA 6.000 litros de AR (esgotos), Sem que tenha sido feito tratamento Biológico. Isto é o mesmo que derramar na ATMOSFERA uma tonelada de BIOMETANO a cada 4 segundos. Em cada 24 horas (1 dia), são 1.663.200 tonelada: Desde 1993 que a CAMARA MUNICIPAL DO FUNCHAL, foi informada da tecnologia que biodigerindo, retirava o BIOMETANO das A.R (esgotos) e que passando por outro tratamento as tornavam inócuas. Mas a arrogância da câmara desprezou essa informação, talvez por ter vindo da U:D:P (quem não sabe pergunta). Os erros e as arrogâncias pagam-se caro.
Dezasseis anos passados estes números são astronómicos, criminosos (ambientalmente) e de (deitar pérolas a porcos em termos económicos).
A tia rica, dá mais pérolas para deitar aos porcos…
Sabia que 1 tonelada de GAZ metano derramada na NATUREZA demora 100 anos a se degradar
Sabia que essa. Tonelada de metano circula na atmosfera 20 vezes mais rápido.
Sabia que essa tonelada de metano corresponde a 21 toneladas de carbono CO2
Em 16 anos o FUHCHAL enviou para a atmosfera 8.112.088.000 toneladas metano
Em16 anos o FUNCHAL não aproveitou e PERDEU 146.017.584.000 EUROS
Este valor astronómico dava para fazer 275,5 AEROPORTOS (cada aeroporto da madeira custou a módica quantia de 530.000.000 EUROS)
Imaginemos agora todas as grandes cidades do mundo, quantos triliões de toneladas estão a enviar permanentemente para a atmosfera desta ALDEIA GLOBAL.
Se o carbono aquece o Planeta, o metano aquece 21 vezes mais (ver neste texto)
Será que só eu, vulgar agricultor biológico (sem terra), estou a “ver este filme real e dramático do teatro da vida deste MUNDO CÃO gerido pelos donos do CAPITAL. A ganância cega e o deus maior deste sistema implantado globalmente (O LUCRO), já estão ultrapassados. OUTRO MUNDO É POSSIVEL.
Pelo atrás exposto considero que além de possível, é URGENTE mudar este REGIME para que os POVOS desta ALDEIA GLOBAL TRILHEM outros caminhos, socialmente mais justos, mais limpos ambientalmente, até porque são também mais económicos e menos contaminantes, enfim mais JUSTOS E HUMANOS…